As Problemáticas


28/03/2009


Retiro o que disse.

O blog morreu sim, esse tempo sem blogar me fez ver que esse blog só me dá trabalho e não muda minha vida em nada.

Portanto vou acabar com ele, talvês um dia eu o ressucite, mas por enquanto...

Adeus.Bem humorado

Escrito por A Indecisa às 12h45
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

17/03/2009


Desculpa

O blog não morreu gente! Só o meu PC, assim que puder volto a blogar, tenho muitas coisas a dizer...

Beijos.

Até.

Escrito por A Indecisa às 22h40
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

24/02/2009


Meu Quebra-cabeças.

 

Ás vezes imagico minha vida como um quebra-cabeça, sendo que eu sou a peça principal, aquela em a qual as outras não fazem sentido, mas que sozinha também não tem sentido nenhum, não sou como as pessoas que vejo, que me passam a impressão de serem independentes, seguras, não, eu sozinha não faço sentido, o que eu sei, o que eu sou, nada existe quando estou sozinha

E por sozinha não me refiro a romance só, me refiro a todas as pessoas que fazem parte da minha vida, amigos, parentes, as outras peças do quebra-cabeças, e é como se uma ou outra pudessem faltar, ou eu perde-las, que ainda teria sentido, mas não ficaria completo, já outras, são simplesmente indispensáveis.

Só que eu não consigo monta-las, coloca-las nos seus devidos lugares, pra que façam sentido, e me façam fazer sentido também, não sei lidar com as pessoas, e tenho muito medo de afasta-las, às vezes não sei qual é a melhor peça pra um certo lugar, e não consigo escolher por medo de errar e perder a certa.

Existem milhões de peças por aí, nem todas fazem parte do meu quebra-cabeça, nem todas podem ajudar a dar sentido a ele, mas tenho medo de se eu parar pra experimentar uma delas, perca de vista outra que possa ser importante.

Eu por mim mesma dependo delas, pra ser, e um erro pode me fazer deixar de ser, de fazer algum sentido pra mim mesma, de exisir.

Tenho medo disso.

Escrito por A Indecisa às 18h50
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

21/02/2009


E essa agora?

 

Não consigo entender os homens, simplesmente não dá, eu não falava com o Escorpião desde o dia que aconteceu aquele episódio com o Mago, a gente já tinha marcado outro jogo, um dia o encontrei no msn, ele que veio falar comigo:

Escorpião:
oi
Eu:
oi
td bem?
Escorpião:não...
e contigo?
Eu:comigo td bem, podia estar melhor mas ta bem

com vc q ouve?
Escorpião:eu to meio triste
é isso
Eu:
não sabe o por que?
Escorpião:sei lá... to sentindo a falta d alguém

alguém especial sabe?

tipo, uma namorada

Pois é, pra mim era uma indireta bem direta, mas nem respondi nada demais, só que também andava me sentindo assim ( a mais pura verdade), pensei que no dia do jogo ele fosse falar comigo, ou sei lá, mas chegando lá ele simplesmente nem me olhou nos olhos, o Mago foi todo atencioso e tal, mas o escorpião falou normal comigo, mas sem me olhar nos olhos... O que que isso quer dizer? Bom, ele elogiou minhas unhas e ficou encarando minhas mãos umas duas vezes, e sei que ele sempre adorou minhas mãos, mas isso só faz ficar ainda mais estranho, não que eu queira voltar a namora-lo, não mesmo, mas se pudesse gostaria muito de ter uma "amizade colorida", mas pra completar ele veio falar comigo no msn hoje dizendo que estava sozinho em casa e que se eu fosse no rio pra avisar a ele que ele também quer ir, que se ele pudesse viria a niterói e coisa e tal, dá pra entender um cara assim?

Escrito por A Indecisa às 21h05
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

08/02/2009


Auto-reflexão

Ando pensativa, sei que o blog vai ficar só pra mim por um tempo, e achei que devia postar algo relevante, infelizmente não consegui pensar em nada, ando deprimida, solitária, e lendo as coisas que já escrevi aqui me senti fútil, como se minha vida se resumisse a isso, como se eu me resumisse a isso, e não é verdade, ou espero que não.

Escrevi algo sobre mim em um momento particularmente indefinido, quando tentava me entender, e resolvi por aqui se nenhum motivo específico, se alguém encontrar alguma utilidade me avise...


Gosto de filosofar, mas não gosto de gostar disso, tenho opiniões firmes e controversas a respeito das coisas, mas essas opiniões podem mudar se me mostrarem um novo argumento.

 Gosto do belo, gosto de me sentir bela, mas isso não é ruim, pelo contrário, a beleza pra mim  está nos detalhes e presente em tudo, por mais feio que algo me pareça sempre encontrarei um detalhe belo, e é o que me basta.

 Gosto de detalhes, de descobrir aos poucos, me encanta descobrir algo novo num lugar que já conheço, ou em alguém.

 Sou correta, mas tento ser também transgressora, faço o que me parece certo, e que nem sempre bate com o comportamento que esperam de mim, que esperam com seus conceitos e preconceitos.

 Não uso perfumes marcantes, cores chamativas, nem nada brilhante, mas sempre uso perfume, leve, que só se sente quando se aproxima, cores escolhidas, e enfeites cuidadosamente selecionados, mesmo que não reparem de cara.

 Posso ser a mais inteligente de um grupo, ou a mais tapada, embora minha inteligência seja acima da média, com freqüência me sinto burra, pois convivo com pessoas melhores que eu.

 Não sou antenada, nem bem informada, muitas vezes não tomo conhecimento de fatos relevantes, seja para o mundo ou só pra mim, não por burrice ou falta de interesse, apenas uma desatenção crônica.

 Importo-me muito com as pessoas, ás vezes demais, principalmente com as pessoas que eu gosto, mas não só. Importo-me em não magoá-las ou ofende-las, o que muitas vezes faço sem perceber com meu jeito estabanado e grosso.

 Preocupo-me também com o que pensam de mim, e a despeito de ser impossível e ideologicamente falando eu achar errado, eu busco também a aprovação de todos, o que muitas vezes me causa sofrimento.

 Eu quero viver minha vida intensamente, e ser feliz agora, sem me preocupar, com leveza, curtindo os prazeres da vida, mas só enquanto me fizer bem, pois tento manter distância do que me faz mal, isso serve pra pessoas, coisas, lugares e hábitos.

 Acho que cada um deve dar seu máximo, e ser feliz por isso, afinal depois disso não está mais em nossas mãos, e o que não podemos mudar não deve nos entristecer, ao menos não por muito tempo.

Escrito por A Indecisa às 04h01
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

01/02/2009


Esplicando

 Acho que finalmente entendi por que as vezes fico meio descontrolada, como no meu último post: TPM. Vê se pode?

 Além dos sintosmas que eu tinha falado antes me dá uma baita dor de cabeça, dura uma semana mais ou menos, e depois passa (ou seja passou a um tempo, e eu não fiz nenhuma besteira, aleluia!!!), caramba, por que eu tinha que ser tão diferente das outras? Tenho certeza que se todo mundo tivesse TPM igual a minha os namorados nunca mais iam recalamar...xD

Escrito por A Indecisa às 17h47
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

30/01/2009


FUTURO

Adoro esta palavra FUTURO.

Mas tenho medo das consequências. Por isso me chamam de Medrosa.

Estou sentido saudades do Leãozinho e por mais seis meses não vou ter contato. E por ter medo não vou ligar, mandar e-mail. Talvez da reação dele.

Hoje o sinto esta vivo. Talvez o tempo pode matar o fortalecer o sentimento.

Só sei que não é AMOR. apenas atração que com tempo se transforma em paixão.

Não quero sentir Amor. É um sentimento lindo por que conheço.

E Futuro a Deus pertence.

Escrito por A Medrosa às 16h53
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

20/01/2009


De Novo Não!

 

Só pra registrar, minha libido está em fúria novamente, devem ser os hormônios, só pode ser, e o pior eu estou com herpes labial!

 Podia ser pior, mas já é um problema em tanto, tá serto que quando o Mago (só consegui pensar nisso pro irmão de Escorpião) fez o que fez eu já estava e antes de tudo ele já havia dito que já tinha e tinha pego de uma ex (ou seja ele não está nem aí), mas se eu ficasse com o mago estaria enganando 3 pessoas, o Escorpião, ele, e eu, por que, adivinhem, mesmo não nutrindo sentimentos romanticos pelo Escorpião ele ainda me atiça, e estaria enganado o Mago ficando com ele enquanto penso no Escorpião. E não ia me sentir bem numa situação assim.

 Mas a coisa está dificil, avaliei minhas possibilidades: fazer como da ultima vez e ficar com um desconhecido, mas não ia adiantar muito não ia me soltar, não rola, não de novo.

 O Analista que ainda está no meu pé, mas só se ele fosse o último homem do mundo, ele é bonito, não me entendam mal, muito bonito aliais, mas o jeito dele me dá nos nervos, me agride e me irrita, tem uma postura perfeita, ombros rígigos, sem movimento, anda sem mecher os braços, com passos sempre do mesmo tamanho, sempre na mesma velocidade, um tom de voz que não varia, sempre neutro, não se altera nem pra cima, nem pra baixo, e tem mania de falar sacanagem, mesmo entre os amigos, mas sempre com o mesmo tom de voz. ARG! Insuportável, parece um robô! E ainda por cima é fresco, uma vez caiu uma gota de orvalho de uma árvore nele, e ele não sucegou até lavar a mão, algo como TOC sabe? Não me imagino nem mesmo beijando ele, imagina uma criatura dessas tranzando! Nem dá pra imaginar né?

 Com quem acho que seria mais apropriado e conveniente, além de achar que seria bom, mas que não consigo imaginar, seria com o Músico, por algum motivo, embora eu nutra um afeto por ele , não consigo me imaginar dando mais que uns beijinhos nele... Eu que sempre me achei tão criativa... Mas acho que é pq ele nunca insinuou nada e tb nunca tivemos nada daí ocorre um bloqueio. Será? Quando estou com ele tenho vontades como: Acariciar os cabelos dele, abraça-lo, beijá-lo, coisas quase lúdicas, que não combinam com meu espirito atual.

 O que minha alma está pedindo é um pouco da luta do Escorpião, nós juntos era quase uma briga, pra ver quem é que estava certo, que mandava, acho que por isso acabou, por que era assim com tudo até nas palavras do dia-a-dia, e quase sempre ele ganhava, o que no momento seria muito bom.

 Estou com ódio de mim mesma, pelos meus pensamentos tresloucados e inconvenientes, por queminha libido tem que ter uma opnião diversa da minha? Eu sei quem eu quero, mas ela quer outro...

Escrito por A Indecisa às 23h45
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

12/01/2009


As voltas que a vida dá.

 Contrariando a mim mesma, eu não tenho nenhuma dúvida sobre o assunto que vou falar, mas sabe quando acontece algo e você PRECISA falar com alguém? Tem que contar por que você ainda está abismada com o que aconteceu? Então, é isso.

Vamos do inicio, caso não tenha contado eu e o Escorpião ainda somos amigos, e depois que  me libertei dele, bons amigos, e esse fim de semana fui a casa dele jogar RPG (foi por causa do jogo que nos conhecemos), além dele tinha outros quatro, incluindo o irmão gêmeo dele (não são identicos, mas parecidos o suficiente pra alguns confundirem), bom oninguém do grupo sabia que agente tinha namorado, são um grupo novo, na epoca agente escondeu da familia dele por que a mãe dele é uma bruxa, e o irmão estava morando de viagem, e só voltou agora, portanto ele também não sabia, e não vi motivo pra dizer.

Mas acontece que depois do jogo eu o irmão dele e mais um (não vou me dar ao trabalho de dar apelidos ainda), fomos fazer uma hora no shoping, entramos numa livraria. Eu e o irmão dele estava mos olhando o mesmo livro, um do lado do outro (bem perto), e o outro garoto tinha ido pra outra seção, aí ele me olhou no olho e fez uma pergunta que já ouvi antes, "Será que dá pra sentir esse pircing?" não teria problema se o meu pircing não fosse no dente! Normalmente essa pergunta precede um beijo, e acho que em outra situação eu até teria deichado, não que me interessace por ele, só pra curtir mesmo, mas  ele é o IRMÃO GÊMEO do meu ex!  Me endireitei na hora (os dois estavam curvados na direção do livro) levei a mão na frente da boca sentindo o pircinga e respondi "eu sinto" sabe, fingindo que não tinha notado nada, daí apontei outro livro pra mudar de assunto.

Mas não parou por aí, meia hora mais tarde agente parou em frente a uma vitrine e o outro garoto entrou pra perguntar o preço de alguma coisa, e ele pediu desculpas por insistir, mas que tava muito curioso e que queria ver se dava pra sentir, eu passei a ponta do dedo no pricing de novo, e disse que ele podia, era só passar o dedo, ele ainda falou que era estranho passar o dedo no meu dente nas eu disse "que nada" e parou por aí, só pensei assim, " ele acha estranho passar o dedo, mas acho que se fosse a lingua não ia achar estranho"

 Bom, não pretendo ficar com ele, por que ia estragar minha amisade com Escorpião, e não vale a pena perder uma amizade por curtição, e acho que isso não vai se repetir, mas me pegou de surpreza essa situação estranha e queria saber se ele vai contar pro irmão, ou iria se acontecesse algo, mas enfim, eu só precisava contar.Riso

Escrito por A Indecisa às 00h44
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

07/01/2009


Perguntas para o Cupido

Estou aqui de novo pra desabafar algo que não entendo. Pra que eu me faça mais entendida, vou contar um pouquinho (isso é meio raro vindo de mim) do que aconteceu nesses dias.

Eu encontrei o Vascaíno na quinta, como citei no post anterior. Na sexta, eu o chamei pra ir na Lapa e cheguei a comentar que iriam dois primos e mais a namorada de um. A resposta dele? Vergonha e chuva. Depois eu o chamei pra vir num churrasco que ia ter aqui em casa. A resposta? Vergonha de novo... E nesses dois dias ele foi super estranho, falava pouco. Só ficava no "oi, tudo bem?". Até que na segunda eu o prensei contra a parede: O que está havendo? Por que está estranho assim?.. Ele deu alguns motivos... O primeiro era que ele não queria sair e ficava sem jeito de falar.. o segundo é que eu só o chamava pra programa "família" (me desculpe, mas que PORRA de desculpa esfarrapada é essa?) e o terceiro e pior motivo: ele não queria programas seguidos, um dia atrás do outro.

Ou seja, ele não queria vínculos... Mas que merda é essa? Se ele quer alguém pra não ter vínculos, vai caçar uma mulher da vida por aí. Pra quê aquele teatro por causa dos meus bolos? Pra quê se mostrar tão interessado na minha pessoa?.. São perguntas que não consigo achar respostas e nem quero me esforçar pra isso. É muito ridículo pra tanto.

E hoje.. o que me acontece? Uma pessoa que não via há tempos (nós ficamos em meados do ano passado) ressurge das cinzas, falando mundos e fundos pra mim. Sendo que eu sempre o tive como contato no MSN e ele quase nunca vinha falar comigo.

Disse que gosta muito de mim, que sente saudades do meu abraço, que errou muito comigo e daria tudo pra voltar atrás, que foi a pessoa mais burra do mundo, que o medo foi maior que ele. Como assim, gente? Isso é cantada pra ver se consegue se dar bem? Se é que vocês me entendem.

Como entender essas duas situações? Aliás... o que está havendo comigo? Que maré de azar é essa? Ou o cupido tá de porre ou eu tenho cara de trouxa. 

Escrito por A Frustrada às 20h02
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

ATRAÇÃO? PAIXÃO? AMOR?

Quanto tempo não posto nada no blog.  Agora apareceu uma dúvida. Não são várias sobre um assunto que confunde o ser humano.

 Segundo o dicionário.

ATRAÇÃO  -  Ação de atrair. Força que atrai.  Inclinação, simpatia.

PAIXÃO -  Sentimento forte, como o amor, o ódio etc.  Movimento impetuoso da alma para o bem ou para o mal.  Mais comumente paixão designa amor, atração de um sexo pelo outro. Gosto muito vivo, acentuada predileção por alguma coisa.  A coisa, o objeto dessa predileção.  Parcialidade, prevenção pró ou contra alguma coisa.  Desgosto, mágoa, sofrimento prolongado.  Os tormentos padecidos por Cristo ou pelos mártires.

AMOR -  Sentimento que impele as pessoas para o que se lhes afigura belo, digno ou grandioso. Grande afeição de uma a outra pessoa de sexo contrário.  Afeição, grande amizade, ligação espiritual.  Objeto dessa afeição.  Benevolência, carinho, simpatia. Culto, veneração: Amor à legalidade, ao trabalho.  Caridade.  Coisa ou pessoa bonita, preciosa, bem apresentada. Filos Tendência da alma para se apegar aos objetos.  O tempo em que se ama.

Agora  a minha visão

Atração -  Desejo físico. Dizem que é a primeira etapa. O que sinto por Leãozinho.

Paixão - Fogo, tempestade, físico, que deixa marcas profundas. O que senti por Anjo Mal.  

Amor - Calmo, sereno, sublime, lindo. O que sinto por Esotérico.

 As perguntas que não saem na minha cabeça.

As pessoas confundem amor e paixão?

Por que separo os sentimentos?

Podemos sentir os três sentimentos pela mesma pessoa?´

É possivel sentir os três sentimentos por pessoas diferentes?

Homem e Mulher têm visões diferentes?

 

 

Escrito por A Medrosa às 18h20
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

02/01/2009


Vascaíno

Matando um pouquinho da saudade, estou aqui de volta... Na última vez que postei aqui, falei sobre o Dragão. Por circunstâncias da vida eu o descartei, ou ele me descartou.. isso não importa, o que importa são os motivos pelo o qual. Ele deu uma sumida legal (a ultima vez que o vi foi no meu aniversário) e ele é promíscuo demais. O tipo de cara que não consegue ficar uma noitada sem pegar no mínimo uma menina (detalhe que ele tem namorada), então ele ficou descartado para a sessão "necessidade extrema".

Mas voltando ao assunto do post... vou falar um pouco mais sobre a minha relação com o Vascaíno: começou com ele me adicionando no MSN anos atrás (5 mais ou menos), sendo que o aceitei e não dei muita bola. Tudo porque tive o preconceito de taxá-lo de "atletinha com nada na cabeça e se acha o foda" devido ao e-mail dele ser "maninhojudoca". Ledo engano.. depois de várias ignoradas - que até hoje são lembradas por ele - eu resolvi parar pra conversar e mordi minha língua. Achei ele super bacana.

Passaram-se alguns anos nesse lenga-lenga de ignora e conversa um pouco... depois ignora de novo. Até que meados do ano passado o tal encontro aconteceu e deu certo. Nos entendemos de cara e a química foi forte. Só que tinha um probleminha... ele tinha namorada Ira (P.Q.P.. eu atraio!!)... e outra... o nome dela? O mesmo que o meu! (P.Q.P de novo)... mas eu deixei rolar, estava gostando de ficar com ele. Só que veio outro probleminha... o gostar evoluiu e passei a gostar DELE. 

Fui clara com ele o tempo todo, assim como ele foi comigo (apesar dele não ter sido com a namorada). Disse o que sentia e para meu espanto foi recíproco.. ele disse estar confuso, sem saber o que fazer. Que o que sentia por mim estava crescendo, mas que ficava receoso de terminar com a namorada apesar do namoro já estar pra lá de bagdá. Eu fui deixando rolar, afinal, eu não estava perdendo nada... até que chegou um dia que não aguentei mais ficar "esperando" ele terminar com a menina e nos afastamos. Assim, sem nenhum término concreto.. simplesmente paramos de nos ver.

Mas continuamos a conversar pelo MSN... eu perguntando da namorada dele, ele dizendo que estava a mesma coisa de sempre... aquele papinho merda, sabe. E com isso passaram-se alguns meses, eu levando a minha vida, conhecendo novas pessoas.. normal. Até que um belo dia no mês passado, ele me manda uma mensagem pelo cel dizendo que tinha terminado com a menina. Então o assunto reencontro voltou à tona. Só que o que acontece? Eu começo a dar uns bolos terríveis nele. Marco um encontro, falo que vou ligar pra dizer se estou chegando e não ligo.. digo que estou morrendo de vontade de ver e não apareço de novo... saio do MSN sem dar satisfação.. Um bolo atrás do outro.

E o mais engraçado é que não são intencionais, por incrível que pareça. Eu realmente queria encontrá-lo de novo, mas por algum motivo na hora eu desanimava e não ia. Eu acredito que seja o meu inconsciente querendo "vingá-lo" de alguma forma. E isso aconteceu até o último bolo, que eu cheguei a dizer que ia ligar pra confirmar e não liguei e o ignorei no MSN e ele chegou a mandar uma mensagem dizendo "assim eu abro uma confeitaria"... depois de risadas, eu fui me desculpar e conversar com ele.

Ele estava putíssimo (com razão) e rolou praticamente uma briga.. depois dessa pequena discussão, acabamos nos entendendo. Eu perguntei a ele pq tanta cobrança se nem um relacionamento tínhamos e ele me convenceu ao responder que não era essa a questão, e sim a falta de respeito que tive com ele.

Pedi várias desculpas e nos entendemos. Resolvi parar de palhaçada e levar mais a sério... mandei uma mensagem pelo cel anteontem (dia 31), desejando feliz ano novo e dizendo que queria vê-lo ontem, pois ele tinha me dito que não trabalharia nem ontem e nem hoje. Depois, liguei pra ele 1hr da manhã, de novo pra desejar feliz ano novo.. conversamos um bocado, mas a ligação tava horrível, não dava pra ouvir quase nada.

Cheguei em casa ontem 15:30, depois de passar a virada em Copa. Entrei no MSN e lá estava ele... falei que ia me arrumar e encontrar com ele em Icaraí. E foi o que fiz... e dessa vez fui de fato (hahaha)... E foi como o esperado, o dia estava lindo.. como todas as vezes que nos encontramos.. céu limpo, dia estrelado.. ou aquele Sol brilhante. Andamos pela areia da praia, sentamos, conversamos, ficamos... fomos numa lanchonete juntos e depois ele me deixou no ponto. Perfeito... como ele mesmo disse.

Perguntou se eu entraria no MSN mais tarde... e foi o que fiz. Conversamos até umas 2:00 no MSN e pra minha surpresa, 1hr e meia atrás ele me manda uma mensagem pelo cel, dizendo que adorou ter passado o dia comigo.

Está caminhando... o rumo? Ainda não sei... mas que está bom, está.

OBS1: "Falei" pra cacete, né? Mil desculpas... empolgação.

OBS2: E o Centauro? Me ligou dia 29, meio bebum, me desejando feliz natal e feliz ano novo (3 vezes) e dizendo que gosta de mim (2 vezes). Incrível como ele me procura, de alguma forma, quando está bêbado.

OBS3: Por quê Vaiscaíno? Porque ele é Vascaíno roxo! (meio óbvio, não?)

Escrito por A Frustrada às 03h39
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

01/01/2009


O que não mata fortalece

 Há males que vem pra bem, Eu pensei que já tinha me libertado do Escorpião, mas não tinha, só que agora parece que finalmente consegui, fiquei muito mal por um tempo, mas sabe o que aconteceu pra eu melhorar? Um breve encontro com o Músico.

 O mundo parece que ganhou novas cores, eu nunca o tinha visto como agora consegui ver, a desiluzão que me atacou, foi na verdade como quando nos tiram uma venda, e os olhos ficam cegos e doem antes de consegir ver o mundo de novo, não sei como isso funciona, não sei como o sentimento me largou tão rápido, mas aconteceu e acho que agora vou poder voltar a viver, embora achasse que já o estava fazendo, agora percebo que não, estava presa ao fantasma do Escorpião, com medo de me envolver de novo, embora quisesse isso.

 Mas não tenho mais medo. O mundo não perde por esperar...

Escrito por A Indecisa às 21h44
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

28/12/2008


A Última Ferroada

  Há muito tempo que não blogo, a esxplicação é simples, eu tinha uma gata que ficava no meu colo enquanto eu tava no computador, ela fugiu, então eu fico triste toda vez que eu fico no PC. Nesse momento não posso ficar ainda mais triste então vou tentar resumir meu coração...

  Faz uns dois dias que pensava em escrever, mas não conseguia, só que hoje aconteceu algo que não posso guardar só pra mim, embora talvez devesse. bom, faz um tempo que eu percebi que andava pensando mais no meu ex do que gostaria, ele não ocupa tanto o meu pensamento, mas mais do que devia, rivalizando com ele meu pensamento ia ao músico, só que no músico eu pensava de dia, e no Escorpião á noite, se é que vocês entendem, isso já estava me incomodando, mas hoje...

  Bom, fiquei sabendo de uma coisa, ele está namorando, e com quem? com a garota que ficava rodeando ele quando estavamos juntos e implicava comigo e mora ao lado dele enquanto eu moro em outra cidade... Eu tinha ciúmes dela, mas me calava, só me abri quando terminamos, mais por raiva, e pensei em três coisas quando descobri, uma; que ele provavelmente tinha ficado com ela antes de terminar comigo, minha intuição já havia me dito que ia acontecer, mas eu, burra que sou, sempre a ignoro. Dois; que eu jamais vou ter nada com ele de novo e meus pensamentos, mesmo que não fossem voltadaos a namoro, nunca mais vão se realizar. Três; me senti superada, por que ele já está namorando enquanto eu ainda estou solta?

Ainda não sei se isso é bom ou ruim, talvez me ajude a desencanar e me ligar de uma vez em quem me merece, mas ainda assim me sinto muito triste, me sinto tão mal que tinha que estravazar, vou tentar dar tempo ao tempo e tentar valorizar o que está ao meu lado, só que ainda é dificil.

Escrito por A Indecisa às 03h21
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

11/12/2008


Dragão

Tem um tempinho que não posto aqui.. mas vamos matar a saudade.
Mais ou menos uma semana atrás foi o meu aniversário e tive uma surpresa que fez muito bem ao meu ego. Quem imaginou que eu seria "disputada" por dois caras? E um deles foi realmente surpreendente. Estou falando do Centauro e do Dragão (pessoinha nova).
Vou falar um pouco mais sobre o Dragão: na verdade, ele não é tão novo assim na minha vida. Eu o conheço des dos meus 13 anos, se não me falha a memória, quando fui apresentada através do meu primo (os dois são amigos desde que me conheço por gente).
Mas nunca rolou nada, sempre fui "a prima do meu amigo".
Essa história mudou de rumo no final de novembro quando ficamos, meio que sem querer, numa rave. Nessa mesma rave, tínhamos combinado (eu, ele e meu primo), antes mesmo de termos ficado, que o que acontecesse lá, morreria lá. E assim foi... até o momento que ficamos.
Porque ele chegou pra mim e perguntou: "O que acontece aqui, morre aqui mesmo?", e eu respondi: "sim" (depois explico o motivo dessa resposta), e ele: "Tem certeza? Não vai rolar nenhuma continuação?", e eu: "Quem sabe...". E ficou nisso, sem planos.
Até que chega o meu aniversário e ficamos novamente, e de novo meio que sem querer. Mas aí é que vem a parte boa: foi na frente do Centauro.
Sinceramente, foi meu dia de glória. Praticamente descontei tudo o que ele fez comigo.
E também tem uma parte ótima: Dragão é DELICIOSO. É aquele tipo de cara que você olha e diz: "Nossa, esse eu pegava."
Mas então, voltando ao assunto do parênteses... Esse "sim" tem como motivo o fato dele ter namorada. Nada é perfeito, não é?
Ah, também esqueci de explicar o motivo do apelido Dragão... ele tem duas tatuagens enormes, e todas as duas são dragões.

Esqueci de comentar também que Centauro ficou desnorteado. Não sei se ele estava carente demais aquele dia... não importa. Só sei que ele me agarrou mais de uma vez e ainda me puxou pro lado pra conversar. E que conversa foi aquela, hein? Chegou a dizer que me ama. É amiguinhas, só sei que um dia é da caça, e o outro do caçador.

E novamente, depois que ficamos, não planejamos nada. E assim segue a vida.... Vou continuar ficando com ele? Não sei... Vale a pena investir? Não quero nem saber.... O que eu sei é que tá bom DEMAIS. :D

Escrito por A Frustrada às 07h05
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Perfil



Meu perfil
BRASIL, Sudeste, NITEROI, Mulher, de 20 a 25 anos

Histórico